Home / Mato Grosso / Cuiabá

Cuiabá

Cuiabá, capital do estado brasileiro do Mato Grosso, está situado às margens do rio de mesmo nome. Com uma população de quase 530 mil habitantes, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX. Escolhida uma das 12 cidades-sede para a Copa do Mundo da Fifa de 2014, Cuiabá, a maior cidade do estado, representará o Pantanal no torneio. Com clima quente e muita arborização, a cidade é conhecida como ” Cidade Verde” e se situa na parte mais central da América do Sul.

Terra de povo alegre e hospitaleiro, conta com programas noturnos e pontos turísticos. Quem visita Cuiabá deve conhecer seu Centro Histórico, que guarda relíquias do período colonial, e onde se situam os famosos calçadões. O Centro Geodésico da América do Sul guarda lembranças dos tempos onde era uma praça de enforcamento de condenados, além de campo de touradas.

Desde sua fundação, a capital apresenta o convívio de várias culturas, o que é refletido na dança, nos artesanatos, no modo de falar e na gastronomia. Essa última é um dos pontos que mais atraem turistas, com sua base nos peixes dos rios da região (pacu, pintado, cachara e dourado), tem influência indígena, portuguesa, espanhola e africana. Os pratos mais típicos do local são a ‘Mojica de Pintado’ e a ‘Maria Isabel’ – farofa de banana da terra.

Entre tantas igrejas, algumas são paradas obrigatórias. A Igreja do Bom Despacho, conhecida como ‘Notre Dame Cuiabana’, é a mais bonita da cidade, com seu estilo gótico. A Capela de São Benedito é a única barroca de Cuiabá, fundada por escravos em 1764.

Com mais de 16 museus, a cidade tem em sua característica o turismo cultural. O Palácio da Instrução, conta com Museu Histórico, Museu de Arte Sacra e Museu de Historia Natural e Antropologia (Centro de Zoologia,Botânica, Antropologia e Paleontologia do Estado). O campus da UFMT comporta o Museu do Índio (Rondon). O Aquário Municipal tem vista para o Rio Cuiabá e parte da cidade, além do Museu do Rio (com peixes do Pantanal).

■ PONTOS TURÍSTICOS

Centro Histórico
Fundada em 1719, com a descoberta de ouro em abundância, Cuiabá transformou-se na maior cidade do Brasil em menos de duas décadas. Passada a corrida do ouro, a verde capital do velho oeste brasileiro teve que resistir a longos anos de estagnação econômica.

Palácio Paiaguás
É a Sede do Governo do Estado e situa-se Centro Político e Administrativo (CPA). Foi inaugurado em 1975.
Palácio AlencastroSede da Prefeitura Municipal de Cuiabá , o Palácio Alencastro situa-se na praça de mesmo nome, bem ao lado da Catedral Metropolitana. O prédio, de linhas modernas, foi construído na década de 60 .

Arsenal de Guerra – SESC Arsenal
Foi criado em 1818, por ordem de Dom João IV. Foi construído para ser ” um estabelecimento militar para conserto e fabricação de armas “, conforme definiu a carta-régia. Hoje encontra-se restaurado e funcionando como um centro cultural.

Catedral Metropolitana de Cuiabá
Inaugurada em 1973, a atual catedral foi construída sobre os escombros da antiga , uma jóia do período colonial que foi demolida num episódio até hoje não esclarecido. De qualquer forma, sua arquitetura moderna tem admiradores. É a sede da tradicional festa do Senhor Divino, que acontece de maio a junho.

Igreja Bom Despacho, Rosário e Capela São Benedito
A ” Notre Dame Cuiabana ” é, ao menos externamente, a mais bela igreja da cidade. Seu estilo gótico, inédito em boa parte do país, foi definido por um arquiteto francês que teve toda a liberdade para ousar. Inaugurada em 1919, a igreja ainda está inacabada.

Igreja do Rosário e Capela de São Benedito
Esta é a única igreja barroca de Cuiabá. Foi fundada por escravos em 1764. É local da tradicional festa de São Benedito que acontece sempre no mês de julho.

Casa do Artesão e Regionalíssimo
Situada na 13 de junho , no bairro do Porto , a Casa do Artesão tem uma bela amostra da cultura mato-grossense . Há um Museu do Artesanato com exposição permanente de peças caboclas e indígena. O turista pode comprar souvenirs.

Palácio da Instrução
Belíssima construção, em pedra canga, localizada na região central de Cuiabá, ao lado da Catedral Metropolitana. Inaugurado 1914 , é a sede da Secretaria Estadual de Cultura, do Museu de História Natural e Antropologia e da Biblioteca Pública.

Parque Nacional Chapada dos Guimarães
Localizado à 60 quilômetros de Cuiabá, o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães é um dos lugares mais belos do Brasil. Aliás, belo é isenção jornalística, o lugar é mesmo deslumbrante, cinematográfico. Ao todo, são 33 mil hectares de cachoeiras, paredões e mirantes.

Parque Estadual Mãe Bonifácia
O parque com 77 hectares de área verde e diversas espécies da flora e vegetação típica do cerrado, está localizado na região central da capital mato-grossense , com diversas pistas para caminhada. E o Zoológico da cidade possui animais típicos da fauna mato-grossenses e do pantanal. Os clubes e parques aquáticos são ideais devido ao clima quente.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
As rodovias federais de acesso a Cuiabá são: BR 364, ligando ao estado de São Paulo e a nordeste com Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC);
BR 163 – liga pelo sul o município com Campo Grande (MS), São Paulo e a Região Sul do Pais e pelo norte com Santarém (PA);
BR 070 – liga a oeste o município com Cáceres (MT) e a leste com Brasília (DF).

De Ônibus:
Rodoviária de Cuiabá
End.: Rua Jules Rimet – Senhor dos Passos, Cuiabá – MT
CEP: 78048-610
Tel.: (65) 3621-3629

De Avião:
Aeroporto Internacional Marechal Rondon
End.: Av. João Ponce de Arruda s/nº, Jardim Aeroporto Várzea Grande-MT
CEP: 78.110-900
PABX: (65) 3614-2500
Distância do Centro: 10 km

■ MAPA DA REGIÃO 

Sobre Brasil Mochileiro

Confira

Maricá

 Considerada um paraíso natural, com 46 quilômetros de praias e rodeada de lagoas, rios, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.